MODA PARIS: 60 anos da Dior, a celebração em miùdos...


E conforme prometido o blog faz uma edição especial sobre a festa de 60 anos da Dior, que rolou ontem à noite em Versailles. O local era a L'Orangerie, uma ala do palàcio, antiga morada de Maria Antonieta, a ùltima rainha francesa. Para comemorar, Jonh Galliano resolveu homenagear grandes artistas levando e traduzindo suas artes para a alta-costura. Gisele, por exemplo, vestia um Irvin Penn, o famoso fotògrafo... O clima na chegada jà era esse: tendas espalhadas ao longo do jardim, onde mais tarde comeriamos e beberìamos ao som do Flamenco...











Jornalistas, convidados, celebridades, todos tiveram que passar pelo enorme corredor que ligava a rua à festa. Quem queria poderia ir nas "navettes" oferecidas pela Dior que saiam da porta da loja da grife na chique avenue Montaigne. Eu fui...










Jà na chegada as beldades Dior. A irriquieta Monica Belucci foi a ùnica não muito a favor do assédio...










Mas ela era apenas uma das muitas famosas. Marisa Berenson mais linda do que nunca bem protegida com jòias ( que deveriam ser Dior e desenhadas por Victoire de Castellano), longo rosa e peles...








Sabe quem é essa figura ai? Bernard Arnault... Ele é o homem mais rico da França e poderoso chefão do grupo LVMH detentora de grifes como a Dior, Louis Vuitton, Chandon e Veuve Clicquot que...









Rolava como àgua antes mesmo da entrada para o desfile. A festa estava apenas começando e o frio era de inverno...








Por isso muita gente acertou a mão ao colocar lindos casacos de peles reais ou não...









Logo cedo devidamente postada em sua cadeira madame Anna Piaggi, um mito da moda mundial...Quero fazer um adendo sobre ela: é muito fofa, educada, na dela, apesar de estar sempre vestida assim. Chama atenção pelas roupas. Seu comportamento é discretìssimo. Acredita que, mesmo com idade, ela fica na fila para abraçar os estilistas depois dos desfiles? Cansei de vê-la assim. Acho o màximo...









Sofia Copolla, cineasta que fez um longa-metragem ano passado contando a vida da ùltima rainha francesa (os franceses não gostaram muito) foi de vestido balonê. Teve muito mais gente como Pedro Almodòvar que eu não consegui ver...








Là dentro o clima era assim... Imensas estàtuas de gesso em forma de animais ornamentados com plumas. Tinha um hipopòtamo enorme todo de couro retalhado e costurado. Encarei como uma brincadeira de Galliano ao mostrar um luxo total nas roupas e uma certa decadência em alguns detalhes. Tenho certeza que foi proposital...Ele é gênio mesmo e sabe: a sociedade està milionària em algumas castas, mas em decadência em outras.. Décadence avec élégance é a palavra de ordem???? Acho que sim, pois mesmo muita gente estando com roupas mais simples, o que valeu foi a originalidade para fazer looks legais, sem gastar dinheiro...Claro que tinha as milionàrias com os maravilhosos vestidos da Dior, mas o clima era misto...









Foi surpresa para todos as tops antigas estarem no desfile. Linda Evangelista sempre majestosa. Cabelos vermelhos e vestido inspirado em Caravaggio...









Como estava em um lugar estratégico pude fazer a foto de nossas duas rainhas se encontrando: Gisele e Raquel Zimmermann. Uma honra o Brasil ter duas tops abrindo o desfile. Raquel vestia Eric...











Helena Christensen foi de Horst e parecia a ùnica a estar nervosa na passarela Dior. Ela agora é fotògrafa sabia???









Sou fã da russa Irina Lazareanu. Na festa ela andava circulando no meio da gente, aliàs, a maioria das novas andava, inclusive Raquel e Trentini...E também adoro Toulose-Lautrec que foi quem "vestiu" a top..










O desfile teve 45 looks e as roupas eram maravilhosas. Bordadas, com tafetà, em degradê... Coisa de louco...











E a Raquel tava tão linda e irreconhecìvel e vez por outra...









A confundi com a italiana Mariacarla Boscono. Ela tinha dado um tempo, aliàs, deu... Entrou em férias ano passado alegando estar magra e cansada demais...









Naomi Campbell foi de Alma-Tadema... Estava concentradìssima...Ninguém a viu depois da apresentação. Devia estar na festinha mais privada ainda que rolava dentro do palàcio e que, nòs plebeus privilegiados por estarmos là, não entramos até uma certa hora... Depois da 1 hora soube: muita gente participou...










Galliano de toureiro estava o màximo e nada homofòbico. Apesar da segurança, apareceu e andou por toda a passarela cheio de rosas...







Ao ir embora ganhou uma de Gisele e depois...Apareceu mais uma vez no palco onde o povo dançava flamenco. Foi ovacionado pelos convidados...












Là fora rolou o maior festão como eu jà mostrei no post da madrugada. A comida espanhola era apimentadadìssima. Maravilhosa. E eu não queria nunca mais sair de là. Nunquinha...








Os cuspidores de fogo anunciaram a segunda parte da noite. Quando seu fogo apagou e terminou a musica flamenca, começou a eletrônico. As navettes para levar a gente de volta para a realidade? Estavam instruìdas a fazer o vai-e-vem até o amanhecer... Se eu ficasse là, não voltava nunca mais. Ia me perder em algum daqueles cantos, onde, de certo Maria Antonieta chegou a viver momentos tão alegres e festivos como os de ontem...Foi melhor voltar. Mas a Dior é real é tem 60 anos... Uma verdadeira Dama que sabe se comportar na hora de voltar para casa.. Bisous A+

5 comentários:

Gisele Muller disse...

Após ver este belissímo post, fiquei sem palavras. Só pensei em duas coisas, também queria estar lá e Galliano é o máximo!

Rafael Prado disse...

vc nao precisa de um ajudante ?
auhauhuah
bejo.

gisele petersen disse...

Show!! Pelo teu blog foi como se estivesse por lá, em cada canto do palácio..Arrasou!!!

Samuel disse...

Realmente não existem palavras para descrever a sensação de ler esse depoimento, só posso dizer uma coisa, tu és Majestosa Ana!! E só pelo texto dá pra ver que não precisa de Versailles para acreditar na tua nobreza, suas palavras me transportaram para esse lugar idílico, onde todos são súditos de um Rei que oferce a seu povo sonhos e não brioches!! Adorei!! quero durmir logo para continuar sonhando!! Beijos!! que bom que Maria Carla Boscono voltou, adoro a "verve" aristocrática dela!! Ai como eu adoro a Marisa Berenson tb, quem tem um passado como o dela não precisa de diamante nenhum-neta de Schiaparelli(adooooro!!)e do Historiador Bernard Berenson!!-chic de doer, né?!!

Glauco Sabino disse...

Darling, me chama para ir nessas festas!!! Hehehe... Vai demorar pra ter uma assim aqui no Brasil. Bacana como construiu o post. Congrats! :-)

LinkWithin

Posts relacionados